2017-08-22 - 09:46
UMA GRANDE FÉ, UMA SÓ UMA PALAVRA E UMA SÓ MIGALHA
UMA GRANDE FÉ, UMA SÓ UMA PALAVRA E UMA SÓ MIGALHA
UMA GRANDE FÉ, UMA SÓ UMA PALAVRA E UMA SÓ MIGALHA
UMA GRANDE FÉ, UMA SÓ UMA PALAVRA E UMA SÓ MIGALHA
CEN

Duas foram as vezes em que Jesus elogiou a fé de pessoas que ele encontrou durante seu ministério. Em Lucas 7.9, Jesus fala da grande fé do oficial romano que vai até Ele, pedir a cura de seu empregado. Devido a forma em que pedido (“basta uma só palavra”), Jesus diz para o povo, que não tinha encontrado em Israel uma fé como esta. Em outra ocasião, Jesus encontra uma mulher cananeia que tem uma filha muito doente. E novamente Jesus elogia a fé dizendo que devido a forma em que creu (“basta uma só migalha”), a fé dessa mulher era grande (Mateus 15.28). Em ambos os casos a cura aconteceu.

O que estas duas pessoas têm em comum? Nenhum dos dois era judeu, os dois eram estrangeiros. Os dois entendiam que Jesus tinha um ministério somente para os Judeu e Jesus deixou isso bem claro. Mas assim mesmo os dois procuraram por Jesus, pois eles entenderam a Graça. Eles entenderam que a Graça é para quem não merece! Eles tinham uma grande fé porque entenderam que não mereciam!

Quando nos aproximamos de Cristo com a plena certeza de que não merecemos, de que que não somos dignos, de que dependemos totalmente do favor de Cristo, expressamos uma grande fé e as coisas são conectadas! As bênçãos são liberadas! Uma grande fé, uma só palavra, uma só migalha é suficiente para tudo acontecer. Hoje em Cristo, temos toda Palavra, todo pão e com certeza as bênçãos são maiores. Por isso, se aproxime de Deus com seu pedido, faça isso em nome de Jesus, com a convicção de que você não merece, de que não é digno, não fez por merecer, dependendo totalmente da obra de Cristo e você terá um grande fé e as bênção serão liberadas em sua vida!

Hebreus 4.16 - Por isso tenhamos confiança e cheguemos perto do trono divino, onde está a graça de Deus. Ali receberemos misericórdia e encontraremos graça sempre que precisarmos de ajuda.

Cleverson Carlos Recke


 

Tags da Matéria:  
 

  •  
    voltar