2017-09-05 - 09:32
MEDO, CULPA E O REMÉDIO DO AMOR
MEDO, CULPA E O REMÉDIO DO AMOR
MEDO, CULPA E O REMÉDIO DO AMOR
MEDO, CULPA E O REMÉDIO DO AMOR
CEN

Medo é algo que atravessa o nosso caminho constantemente. Ele não pede licença e logo vai entrando pelas portas da insegurança, pelas janelas das dificuldades ou pelo corredor do futuro incerto.

Medo é fruto da desconfiança, da falta de fé ou do sentimento de que não é amado. Onde não há medo, há ousadia, alegria e paz. Medo em última análise, é medo de Deus, medo da morte. Nos sentimos assim porque achamos que seremos punidos pois não atendermos as Suas exigências e expectativas. Nos sentimos culpados e assim o medo domina nossos sentimentos paralisando nossas ações.

Mas a boa notícia e que Deus nos ama, antes de qualquer atitude ou resposta da nossa parte. Ele simplesmente nos ama e mostrou o quanto nos ama: Cristo morreu por nós quando ainda vivíamos no pecado. Assim este amor é o remédio para todos os nossos medos.

1 João 4:10 e 18 - E o amor é isto: não fomos nós que amamos a Deus, mas foi ele que nos amou e mandou o seu Filho para que, por meio dele, os nossos pecados fossem perdoados. No amor não há medo; pelo contrário o perfeito amor expulsa o medo, porque o medo supõe castigo. Aquele que tem medo não está aperfeiçoado no amor.
Cleverson Carlos Recke


 

Tags da Matéria:  
 

  •  
    voltar