2017-04-27 - 09:25
APENAS OBSERVADOR
APENAS OBSERVADOR
APENAS OBSERVADOR
APENAS OBSERVADOR
CEN

Considere por um instante apenas o problema mais difícil que você está enfrentando no momento presente. Imagine então que você na realidade não é a pessoa que está passando por esse problema em questão, mas é tão-somente um observador. Como tal – ou seja, agora como observador, e não como vítima -, qual seria a sua atitude? Jeffrey Gordon

Será que você iria encarar seus problemas de maneira diferente, se eles não fossem seus, e sim de outra pessoa? Em tal situação, qual seria o conselho que você daria a quem estivesse vivendo tal aflição? Você a aconselharia a ficar deprimida? Claro que não. Você lhe diria que fugisse do problema? Certamente que não. Você a aconselharia a adotar uma atitude positiva, e a se lançar a ações produtivas e corajosas, na tentativa de lidar inteligentemente com o problema? Certamente que sim.

Na verdade, o que é que você está fazendo? Você está seguindo seu próprio conselho? Ou você tem permitido que o problema o leve a sucumbir, impedindo-o de pensar com clareza e objetividade?

Nunca se esqueça de que seus problemas não o definem. Você pode se desconectar deles, como se estivessem sendo vividos por uma outra pessoa. Faça uma pausa e encare objetivamente os desafios que estão à sua frente. Lembre-se de que você é muito amado por Deus, e que esses problemas nada mais são do que novas oportunidades para você chegar mais perto desse amoroso Senhor. Pense com clareza, aja com decisão, e siga em frente de uma maneira positiva e corajosa.

Nélio DaSilva

Para Meditação:

Graças, porém, a Deus, que, em Cristo, sempre nos conduz em triunfo e, por meio de nós, manifesta em todo lugar a fragrância do seu conhecimento. 2 Coríntios 2:14


 

Tags da Matéria:  
 

  •  
    voltar