2017-08-18 - 10:36
A GRAÇA DO ABRAÇO E AS PEDRAS NO CHÃO
A GRAÇA DO ABRAÇO E AS PEDRAS NO CHÃO
A GRAÇA DO ABRAÇO E AS PEDRAS NO CHÃO
A GRAÇA DO ABRAÇO E AS PEDRAS NO CHÃO
CEN

Jesus contou uma história para ilustrar o quanto Deus nos ama. A história relata um homem que tinha dois filhos. O filho mais novo resolve pedir ao pai sua parte da herança e vai para uma terra distante viver sua vida como achava que deveria viver. Nessa terra distante ele vai gastando cada centavo do seu dinheiro com seus prazeres, até que todo o seu dinheiro acaba e ele vira quase um mendigo. No momento mais crítico ele sente atração até pela lavagem que era dada aos porcos, tamanha era a fome que sentia. Ele, então, se lembra da casa do pai e resolve voltar. Mesmo sem um legitimo arrependimento, ele é recebido com muita festa pelo pai e rejeitado pelo seu irmão mais velho.

Esta história tem muitas e preciosas lições, mas nesta manhã, o que mais chamou a atenção, foi a lição da maravilhosa Graça de Deus, a Graça do abraço, a Graça do acolhimento, da aceitação, da reconciliação. 
Pela Lei a comunidade onde o rapaz vivia, junto com a sua família, deveriam apedreja-lo pelas suas falhas (Deuteronômio 21:18-21). Mas o pai, ao avistar o moço entrando na vila, logo correu para abraça-lo e restaurar assim a sua posição de filho. As pedras ficaram no chão e as mãos do pai estavam desocupadas para abraça-lo.

Assim é Deus, o nosso Pai, correndo ao nosso encontro, abraçando cada um de nós em Cristo Jesus. As pedras que merecíamos pela condenação dos nossos pecados, foram substituídas pelo abraço amoroso do Pai, quando na cruz Cristo morreu pelos nossos pecados. Hoje estamos em festa. Hoje as pedras continuam no chão e o que temos são os abraço da Graça!

Estando ainda longe, seu pai o viu e, cheio de compaixão, correu para seu filho, e o abraçou e beijou. Lucas 15:20 
Mas Deus nos mostrou o quanto nos ama: Cristo morreu por nós quando ainda vivíamos no pecado. Romanos 5.8

Cleverson Carlos Recke


 

Tags da Matéria:  
 

  •  
    voltar